O empreendedorismo está aquecido no Brasil. Segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em 2021 mais de 3,9 milhões de cidadãos formalizaram o interesse em abrir a própria empresa, um aumento de 19,8% em relação aos 3,3 milhões de CNPJs criados em 2020. Para os afiliados a uma rede de franquias especializada em sistemas de gestão, como a Omie, esse crescimento representa uma grande oportunidade.

Fundada em 2013, a companhia já tem mais de 98 mil clientes, que utilizam a plataforma de gestão (ERP) em nuvem. A relevância do serviço e o aumento do número de empresas abertas ajudam a explicar o crescimento acelerado da Omie no mercado de franquias: em 2021, expandiu os negócios e conseguiu ultrapassar a marca de 100 franquias em operação no país. Atualmente, já são mais de 120. O objetivo para 2022 é abrir 250 novas franquias.

Em 2020, parte importante desse crescimento da companhia esteve relacionado aos resultados de sua rede de franquias. Atualmente, a empresa está presente em mais de 20 estados e a proposta é aumentar o crescimento e ampliar a atuação em diversas cidades, com os dois modelos de negócios  — franquias – padrão para cidades com maior número de contadores e as microfranquias, batizadas de “Light”. Os parceiros selecionados contam com perspectiva de resultados positivos: o franqueado Omie tem lucratividade média superior a 20% e retorno do investimento em até 18 meses.

Microfranquia 

Sabemos, desde 2015, que as franquias são o melhor canal de expansão da nossa marca, levando representantes para todas as regiões deste país de dimensões continentais e uma grande multiplicidade cultural”, explica André Silva, gerente de expansão da empresa. “Nossa missão é contribuir para destravar o crescimento das empresas de todos os portes em todas as regiões do Brasil, por meio da tecnologia.” Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 48% das empresas brasileiras fecham com menos de três anos, e o principal motivo é justamente a falta de gestão eficiente.

Foi com esse mote que a Omie também investe, desde 2021, no modelo de microfranquia para apoiar seus planos de expansão e capilaridade pelo país. Com investimento inicial de R$ 14 mil e faturamento médio anual de R$ 180 mil, é possível investir em uma microfranquia da marca sem a necessidade de instalações físicas, ou da contratação de funcionários. Vale ressaltar que a Omie também oferece o modelo-padrão, com investimento a partir de R$ 180 mil, faturamento médio anual de R$ 1 milhão e lucro médio mensal de 30% sobre o faturamento.

Continua após a publicidade

O franqueado não paga royalties e recebe capacitação com treinamentos e suporte de marketing para ajudar a alavancar as vendas. Por isso, não é necessário entender de tecnologia para participar do setor, que é um dos que mais crescem no país. “Os maiores diferenciais para um franqueado Omie são a disponibilidade de tempo e a capacidade de visitar os possíveis clientes, conhecendo suas dores e dificuldades”, recomenda Silva. “Somos uma franquia comercial que disponibiliza serviços de tecnologia. Procuramos em nossos parceiros um ‘DNA vendedor’ e interesse profundo em ajudar a acelerar o ecossistema empreendedor do país.”

Os resultados expressivos são explicados pelas oportunidades abertas pela transformação digital. Além de atuar inteiramente em nuvem, o software utiliza Inteligência Artificial (IA), que monitora automaticamente todos os produtos e mercadorias da empresa, analisa o segmento – indústria, comércio ou importadora – e entende para quais regiões ou estados serão realizadas as operações. Ainda, configura todos os impostos devidos para cada cenário, de acordo com a legislação vigente aplicável para a empresa.

Três pilares

A Omie propõe levar às empresas prosperidade para qualquer negócio, oferecendo um sistema de gestão inovador, completo e ilimitado. A scale-up é ancorada em três pilares. O primeiro é gestão por meio do software. O segundo, educação, com a Omie.Academy, voltada para capacitação profissional continuada e gratuita.

Por fim, serviços financeiros, com conta digital nativa do sistema e cobranças via boleto e PIX, com custos bem mais baixos, além de linhas de crédito e soluções para apoio à gestão de pequenas e médias empresas, como o Itaú Meu Negócio gestão by Omie, produto em parceria com o Banco Itaú e que faz a integração dos sistemas de gestão e financeiro. 

Além disso, a atuação regional com a rede de franquias torna a Omie A única empresa do segmento a figurar entre as 100 empresas que mais crescem no país, segundo o ranking da Deloitte, estreando no terceiro lugar. Para saber mais sobre a rede de franquias Omie, acesse este link.

Continua após a publicidade